Informações “praticamente imediatas” em 200 milhões de linhas de dados na Pague Menos


O Tableau é uma ferramenta que eu recomendo para qualquer organização. Ele é muito simples e fácil de usar. O mais interessante é que ele não depende do porte da empresa. Posso ter uma empresa de pequeno porte e ter uma ferramenta como o Tableau para me ajudar no dia a dia, da mesma forma que também posso ter uma organização gigantesca com o Tableau. Essa é uma grande vantagem.

A Pague Menos é uma das maiores cadeias de farmácia no Brasil, tanto em receita quanto em número de lojas. Neste vídeo, Marcos Antônio Almeida Silva, Gerente de Sistemas, e Pedro Praxedes, Diretor de Sistemas e Logística, falam sobre como usam o Tableau para dar mais velocidade aos dados da Pague Menos.

Tableau: O que você fala para as pessoas a respeito da sua experiência com o Tableau?
Pedro Praxedes, Diretor de Sistemas & Logística: O Tableau é uma ferramenta que eu recomendo a qualquer organização é uma ferramenta, muito fácil de usar, muito tranquila. O mais interessante é que independe do porte da empresa, porque posso ter uma empresa de pequeno porte, e posso ter uma ferramenta como o Tableau para me ajudar no dia-a-dia—como posso ter uma organização gigantesca. O Tableau tem essa vantagem.

Tableau: Você recomendaria o Tableau para quem trabalha com business intelligence?
Praxedes: Ele vai de uma ponta a outra com facilidade, claro que dentro da complexidade de cada organização. Então, eu o recomendo, sem nenhum tipo de preocupação em dizer que o Tableau pode atender a qualquer empresa na questão de fazer análise com foco em dados— transformar esses dados em informações e consequentemente tomar decisão baseado nisso.

Tableau: Qual foi a sua primeira impressão do Tableau?
Praxedes: Quando conhecemos o Tableau, ficamos super empolgados; acho uma ferramenta muito interessante.

Tableau: Você pode descrever o processo de decisão?
Praxedes: Então, foi um processo de escolha em conjunto, TI e área usuária.
Marcos Antonio Almeida Silva, Gerente de Sistemas: O que motivou a aquisição do Tableau foi a questão da governança, que nós começamos há mais de dois anos atrás, um processo de governança em TI e a criação de um setor, por conta da abertura de capital da empresa.

Isso aumentou o tempo de resposta também da gente, porque como as demandas aumentaram, nós precisávamos de uma ferramenta que fosse mais voltada para o cliente, menos voltada para a TI. Existe uma demanda muito grande dos usuários de necessidade de informações, e a gente tinha um tempo para poder resolver essa situação.

Tableau: Você pode descrever como era a experiência antes do Tableau?
Silva: Antes do Tableau, o acesso a dados, principalmente da base de vendas, que é uma base gigantesca, demorava muito.

A área de operações tinha um delay, um tempo em torno de cinco dias para disponibilizar essas informações, garimpando e limpando para entregar.

Tableau: E agora?
Silva: Hoje nós acessamos em minutos uma base de 200 milhões de linhas. Essas informações são praticamente instantâneas, porque a nossa base é carregada diariamente, então de madrugada o Tableau carrega as informações nos bancos de dados e a partir daí está disponível na manhã seguinte.

Tableau: Ótimo! De que forma a escolha do Tableau mudou o uso dos dados na Pague Menos?
Silva: Ele é o dono da demanda, agora. Quando ele precisa de uma necessidade, ele vai desenvolver.

Então isso, de certa forma mudou a regra do jogo.

O usuário hoje tem capacidade de resolver algumas questões que antes estavam obscuras, e ele só ia ter esse resultado quando a área de TI disponibilizasse um relatório ou um Dashboard para a sua necessidade.

Então, essa análise que hoje se consegue com um simples acesso ao Tableau, até mesmo fazendo ali naquele momento uma análise direta na base, propicia uma tomada decisão mais rápida.

Isso consequentemente vai ter um resultado para a empresa.

Tableau: Qual foi a importância da consultoria que vocês receberam da PATH ?
Praxedes: A Consultoria foi primordial, pela questão do treinamento para o usuário e para a área de TI, também. Nós participamos do treinamento.

A consultoria nos trouxe esses atalhos, o que propiciou esse caminho mais rápido para se chegar a esse resultado.

Você também pode gostar de...