A visualização de dados é indispensável na SportsBet


O site de apostas esportivas on-line SportsBet recebe uma enxurrada de dados de clientes. A empresa escolheu o Tableau para entender e visualizar esses dados e adquiriu vantagem competitiva em um setor dinâmico. Neste vídeo, o chefe de análises on-line, Tony Gruebner, explica como o Tableau ajuda a empresa a trabalhar com os dados de forma mais inteligente e rápida.

Tableau: O que você faz na SportsBet?
Tony Gruebner, chefe de análises on-line: Tenho uma equipe de analistas e nosso tempo é sempre curto. Muitas pessoas dependem de nós, como é o caso de qualquer equipe analítica. Assim, qualquer coisa que possa economizar tempo e oferecer uma resposta melhor é útil para mim.

Tableau: Você pode descrever o principal desafio de competir no setor de apostas on-line?
Tony: Nós atuamos em um setor estranho, em que nossos produtos são relativamente parecidos com os de nossos concorrentes. Não há muito que nos diferencie. O fator diferencial é basicamente ser mais inteligente do que a concorrência e, para isso, é necessário usar os dados de forma mais inteligente. Portanto, em nosso setor, acredito que seja fundamental ser rápido. Como o setor também é totalmente digital e opera on-line, nossos concorrentes, assim como nós, têm muitos dados à sua disposição. O mais importante é transformar esses dados em algo relevante, em uma informação prática, e também agir rápido. Além disso, como hoje as pessoas também são digitais, tudo pode se mover em um ritmo muito mais acelerado. As campanhas podem ser veiculadas muito mais rapidamente, e as pessoas podem modificar suas promoções com mais agilidade do que no mundo off-line tradicional.

Tableau: Como o Tableau ajuda nessa área?

O Tableau permite que você seja mais inteligente com mais rapidez. O nosso setor é muito dinâmico. Você não pode esperar semanas para realizar análises parciais e para tomar medidas, pois isso resulta na perda de oportunidades.

Tony: O Tableau permite que você seja mais inteligente com mais rapidez. O nosso setor é muito dinâmico. Você não pode esperar semanas para realizar análises parciais e para tomar medidas, pois isso resulta na perda de oportunidades.

Tableau: Como era a situação antes do Tableau?
Tony: Grande parte das análises era feita no Excel e em ferramentas que provavelmente não eram realmente adequadas para nosso trabalho. A análise em si levava muito mais tempo. Além disso, era limitada, pois o ideal é que você tenha acesso ao máximo de dados possível quando está fazendo análises. Você não quer ficar preso a uma determinada resposta porque é a única opção que o conjunto de dados oferece.

Tableau: O Tableau ajuda a monitorar os dados de clientes?
Tony: Podemos ver tudo que o cliente faz. Absolutamente tudo é monitorado. A desvantagem é que temos uma quantidade assombrosa de dados e um número limitado de pessoas para analisá-los e interpretá-los. É nessa parte que precisamos do Tableau para nos ajudar a fazer uma triagem desses dados com muito mais rapidez e tomar decisões mais inteligentes.

Tableau: Como essa velocidade beneficia sua empresa?
Tony: A capacidade de obter respostas com mais rapidez faz muita diferença. Afinal, precisamos ser mais inteligentes que nossos concorrentes.

Tableau: Você usa o Tableau?
Tony: Ele também já me ajudou. Quando preciso colocar a mão na massa e fazer análises, percebo que é uma ferramenta muito fácil de usar. Realmente adoro usar o Tableau.

Tableau: Você tem algo a dizer para alguém que esteja cogitando usar o Tableau pela primeira vez?
Tony: Para que tudo corra como deve, é preciso treinar os usuários para que eles possam aproveitar ao máximo a ferramenta. Ou seja, não basta instalar o programa esperando que da noite para o dia você terá tudo que precisa. Porém, em comparação com outros projetos de tecnologia, eu diria que é excelente. Já falamos sobre os benefícios do programa. Não tenho dúvidas de que esses benefícios compensem o custo. Em termos de retorno do investimento, acredito que o programa realmente se pague.

Um problema engraçado do Tableau é que, do ponto de vista do departamento de TI, ele é quase simples demais de implementar. Acho que a equipe se espanta um pouco quando percebe como é simples e mal consegue acreditar que seja tão fácil.

Você também pode gostar de...