A Hanesbrands analisa bilhões de linhas de dados


Tableau: Quais são os recursos do Tableau que você mais gosta de usar na Hanesbrands?
Santiago Restrepo, diretor de business intelligence e análises: O Tableau é muito fácil de usar, e as informações que você pode obter com ele são muito melhores do que aquelas obtidas com ferramentas tradicionais. Ele permite uma enorme economia de tempo com a geração de relatórios, possibilitando novas maneiras de visualizar informações. Fazer o mesmo com outras ferramentas pode levar de 10 a 20 vezes mais tempo. Sem falar que a qualidade das informações e os resultados que você pode obter nunca serão iguais.

Tableau: Que tipos de soluções vocês estão criando com o Tableau?
Santiago: Fizemos muitos trabalhos excelentes usando o Tableau juntamente com as informações do esquema de segmentação de consumidores. Assim, pudemos classificar todos os lares nos EUA em diferentes segmentos de consumidores. Usamos essas informações para descobrir quais são as melhores lojas para comercializar nossos produtos e onde fazer promoções ou ampliar a oferta.

Vejo que o Tableau está se tornando uma ferramenta para exploração de dados, que ele está sendo usado por pessoas das equipes comercial, de vendas, marketing e cadeia de suprimentos que precisam fazer análises. Elas querem usar seus dados e ter acesso a eles. Por isso, acredito que o Tableau será aquela ferramenta que as pessoas usam para fazer suas próprias descobertas com seus próprios dados.

Tableau: Como a Hanesbrands iniciou e expandiu a implantação do Tableau?
Santiago: Quando eu comecei a trabalhar na Hanesbrands, apresentei o Tableau à empresa. A partir de então, ele tem sido um grande sucesso e uma ótima aquisição para oferecer recursos melhores para análises e visualizações. Começamos a usar o Tableau no departamento de marketing, mas ele logo se espalhou para a área de finanças, depois para a cadeia de suprimentos e para o gerenciamento de categorias. E ainda continua se espalhando como água por toda a organização.

Decidimos atualizar para o Tableau Server, para que todos tivessem acesso à ferramenta. Temos uma boa forma de rastrear o uso, garantir que os dados estejam protegidos e que as pessoas tenham os acessos apropriados. Elas podem acessar o Tableau Server em qualquer navegador e em qualquer iPad. Foi assim que conseguimos expandir o uso da ferramenta.

Nosso conjunto de dados tem bilhões e bilhões de linhas. Antes do Tableau, era muito difícil aproveitá-lo. Agora, podemos usar o Tableau para obter informações melhores e tomar decisões mais embasadas nos fatos.

Tableau: Como as pessoas estão se beneficiando com as análises no Tableau?
Santiago: Elas podem analisar diversas informações. Temos dados de pontos de vendas por SKU, por loja, por semana ou por dia para todos os nossos parceiros comerciais. Nosso conjunto de dados tem bilhões e bilhões de linhas. Antes do Tableau, era muito difícil aproveitá-lo. Agora, podemos usar o Tableau com todos esses dados para obter informações melhores e tomar decisões mais embasadas nos fatos.

Tableau: Onde vocês armazenam os dados?
Santiago: Armazenamos a maioria dos nossos dados no SQL Server. Usamos servidores de análise como cubos, e utilizamos o Tableau como a ferramenta principal para geração de relatórios, conectando-o aos cubos ou criando extrações dos cubos ou do próprio banco de dados. Conectamos o Tableau a esses conjuntos de dados ou extrações. Ele funciona perfeitamente, além de ser escalonável. Temos uma quantidade enorme de dados e podemos usar o Tableau para analisá-los e extrair informações deles.

Tableau: Como o Tableau afetou o trabalho das pessoas?
Santiago: Antes do Tableau, dedicávamos 80% do nosso tempo a organizar os dados, ou torná-los utilizáveis, e apenas 20% à geração de relatórios ou painéis. Mas essas porcentagens se inverteram. Agora, com o Tableau, estamos gerando e organizando os dados com muito mais rapidez. Dedicamos 80% do nosso tempo para entender melhor as informações, fazer descobertas valiosas e tomar decisões melhores para os negócios.

Você também pode gostar de...