Como melhorar o gerenciamento de desempenho no governo


Visão geral | O que você aprenderá: 

À medida que as operações governamentais enfrentam um novo padrão de restrições fiscais com uma necessidade crescente de maior prestação de contas, novas tendências na avaliação do gerenciamento de desempenho prometem trazer oportunidades para aumentar o crescimento, a sustentabilidade e a eficiência.

Os painéis de desempenho agora estão sendo distribuídos como painéis de visualizações de dados e vêm transformando econômica e operacionalmente a forma como os líderes governamentais tomam decisões importantes, atingem as metas de suas missões e interagem com as organizações públicas e os cidadãos.

Neste whitepaper, você aprenderá novas maneiras de melhorar o gerenciamento de desempenho em seu órgão governamental:

  • Capacitando organizações inteiras ao oferecer painéis de autoatendimento
  • Escolhendo métricas de scorecard mensuráveis diretamente relacionadas aos objetivos
  • Acessando e utilizando dados pontuais
  • Compartilhando visualizações de dados interna e externamente para colaboração eficaz

Também separamos as páginas iniciais do whitepaper para você ler. Baixe o PDF à direita para ler o restante do documento.


Líderes do governo em todos os níveis sabem que a necessidade de melhorar o desempenho e a eficiência operacional está aumentando rapidamente. A imposição de novos requisitos na Lei de Modernização do Desempenho e dos Resultados do Governo (Government Performance and Results Modernization Act, GPRA), em conjunto com a Lei de Prestação de Contas e Transparência Digitais (Digital Accountability and Transparency Act, DATA), pressiona as organizações governamentais e do setor público a criarem uma infraestrutura mais inteligente.

A expectativa de que melhorias operacionais significativas sejam realizadas nunca foi tão alta.

No entanto, na economia atual ainda em recuperação, com equipes e orçamentos limitados, os líderes do setor público e do governo devem aprender a fazer mais com menos.

Mas como os tomadores de decisões estão monitorando os custos e os resultados de desempenho dos programas em relação à sua missão? Como as organizações estão criando uma forma disciplinada de monitorar programas com a capacidade de tomar medidas baseando-se em informações oportunas? Como essas informações estão sendo comunicadas aos constituintes e cidadãos em um ambiente tecnológico cada vez mais complexo?

Como a maioria das organizações, os órgãos governamentais costumavam acessar os dados através de relatórios estáticos gerados por aplicativos empresariais geralmente pesados, complexos, inflexíveis e que precisam ser gerenciados pelos departamentos de TI. Consequentemente, muitos profissionais da área de conhecimento usam planilhas como sua principal ferramenta de análise. O problema é que as planilhas não oferecem informações relevantes ou práticas de forma oportuna aos líderes, tomadores de decisões ou equipes de campo.

As decisões orientadas por dados são úteis somente quando as pessoas podem entender e comunicar informações a tempo de tomar as medidas necessárias. Além disso, os funcionários de hoje que cresceram com a Internet e as redes sociais não estão dispostos a esperar durante meses até que o departamento de TI gere um novo relatório. Eles não estão dispostos a carregar pilhas de papéis e examinar tabelas para responder a perguntas importantes. É hora de adotar uma nova abordagem para o gerenciamento de desempenho no governo.

Este documento descreve como as organizações dos governos municipal, estadual e federal podem otimizar as informações extraídas dos dados para agir de 10 a 100 vezes mais rápido.

Quer saber mais? Baixe o restante do whitepaper!

Continuar lendo...

Você também pode gostar de...