Lenovo aumenta em 95% a eficiência de geração de relatórios toda a empresa.


Melhorias de 95% na eficiência de geração de relatórios
Estratégia de comércio eletrônico mais segmentada
No lugar de 100 relatórios, painéis estratégicos no RH

A Lenovo é uma empresa global de tecnologia com mais de 55.000 funcionários no mundo inteiro e clientes em mais de 160 países. Com o Tableau, a equipe de análises, BI e visualização da Lenovo criou um painel de vendas flexível que pode ser adaptado para todos os departamentos da empresa e utilizado para análises ad hoc, proporcionando uma melhoria de 95% na eficiência de geração de relatórios em 28 países. As equipes de comércio eletrônico analisam as métricas de interação dos clientes para oferecer uma experiência on-line melhor, o que resulta no aumento da percepção da marca e em mais receita. O departamento de Recursos Humanos transformou mais de 100 relatórios estatísticos em um conjunto de painéis estratégicos para incentivar o uso dos dados nos esforços da equipe para atingir suas metas. Com aproximadamente 3.000 usuários ativos no Tableau em 15 de suas unidades comerciais e mais de 10.000 usuários acessando os painéis criados no Tableau, Santosh Nair, chefe da equipe de análises, BI e visualização, explica como “o processo decisório em tempo real está permitindo que as pessoas tomem decisões melhores para os negócios”.

Podemos usar esse tempo valioso para fornecer informações sobre os negócios e ajudar os tomadores de decisões a executar ações que de fato beneficiarão a empresa.

Melhorias de 95% na eficiência em 28 países

Antes, a Lenovo gerava um único relatório de vendas no Excel, que era enviado para 28 países. Se as divisões ou unidades regionais da empresa quisessem adaptar o relatório, era necessário envolver de oito a dez pessoas nesse processo, o que resultava em uma fila interminável de tarefas para a equipe de análises.

Quando Santosh Nair decidiu adotar o Tableau como a solução de análise da Lenovo, sua equipe viu melhorias significativas na eficiência.

“Trabalhávamos seis ou sete horas para criar apenas um relatório semanal. Ou seja, sete horas multiplicadas por 30 relatórios”, conta Santosh. “Com o Tableau, melhoramos nossa eficiência em 95%. As pessoas estão dedicando muito mais tempo aos seus verdadeiros trabalhos do que à criação de relatórios.”

“Assim que organizamos nossas práticas de análise de dados, conseguimos fornecer esses dados diariamente ou até mesmo a cada hora”, revela Marc Gallman, gerente sênior de arquitetura de Big Data.

E as melhorias não param nos 95%. Marc planeja continuar melhorando o desempenho dos dados: “Nossa meta com o Tableau é atingir um tempo de processamento de até cinco segundos para cada clique no painel.”

Com o Tableau, melhoramos nossa eficiência em 95%. As pessoas estão dedicando muito mais tempo aos seus verdadeiros trabalhos do que à criação de relatórios.

“Podemos usar esse tempo valioso para fornecer informações sobre os negócios e ajudar os tomadores de decisões a executar ações que de fato beneficiarão a empresa”, afirma Santosh.

A equipe conecta facilmente os dados de diversas fontes, como Amazon Web Services e Hortonworks Hadoop Hive. “Como os processos ganharam agilidade, somos capazes de fornecer painéis ou informações com mais rapidez e eficiência.”

Com o Tableau, as divisões da empresa agora recebem um relatório abrangente e podem adaptá-lo às suas necessidades, gerando menos solicitações e painéis mais personalizados. Os dados desse relatório são atualizados três vezes ao dia, e não uma vez por semana.

“Migramos para um relatório único extremamente interativo”, declara Santosh. “As pessoas podem analisar esses painéis sozinhas, fazer diversas perguntas comerciais, obter as respostas para essas perguntas com antecedência e tomar decisões com mais rapidez.”

Mais de 10.000 usuários do Tableau causam uma “mudança radical no DNA da organização”

A adoção dos usuários continua crescendo na Lenovo, porque os executivos seniores reconhecem o valor da análise visual. A Lenovo começou com uma implantação de oito núcleos do Tableau Server e rapidamente a escalonou para uma de 16 núcleos a fim de atender ao crescimento do número de usuários. Atualmente, mais de 10.000 usuários acessam os painéis do Tableau.

“Começamos com uma implantação empresarial bastante limitada, que rapidamente cresceu. O Tableau torna tudo mais simples. As análises de Big Data com o Tableau são muito mais fáceis”, comenta Ashish Braganza, diretor de business intelligence global.

“Quando implementamos o Tableau, tínhamos apenas a geração de painéis e relatórios em mente. Não imaginávamos que ele poderia mudar radicalmente o DNA da organização”, revela Ashish.

Com o aumento da adoção do Tableau na empresa, Ashish explica como a cultura da Lenovo mudou para uma abordagem mais centrada nos dados para superar desafios.

“Não se trata apenas de uma solução ou de um tipo de tecnologia, e sim de como o comportamento em relação aos dados mudou.”

Análise de autoatendimento governada e escalonável

Para cuidar da governança dos dados da Lenovo nesse novo cenário de colaboração, a equipe integrou o recurso de logon único ao Tableau Server para otimizar a experiência de seus funcionários. O Tableau Server gerencia o acesso dos usuários aos recursos do Tableau com base nas funções do site definidas no repositório de identidades local. Isso ajuda a Lenovo a promover a análise de autoatendimento escalonável.

Josh Fitzhugh, gerente sênior de testes e personalização da equipe de análises de experiência do cliente, explica que “o Tableau ajudou a equipe a criar um mecanismo para disponibilizar essa enorme quantidade de dados coletivos para toda a empresa de forma escalonável.”

“Sou um cético inveterado, mas fiquei surpreso com a rapidez da adoção do Tableau na organização”, conta Ashish.

When we first started with Tableau, we were just thinking about dashboarding and reporting. We never thought Tableau would fundamentally change the DNA of the organization. It’s not just about a solution or a technology, it’s about how the culture towards data has changed.

Estratégia de comércio eletrônico segmentado aumenta a receita

No cenário competitivo do comércio eletrônico, a Lenovo precisa ter agilidade. “Se não nos adaptarmos, ficaremos para trás e não conseguiremos acompanhar o ritmo acelerado do mercado”, explica Santosh.

Para acompanhar esse ritmo acelerado, a equipe de análises da Lenovo conecta os dados de sua plataforma unificada de inteligência de cliente (LUCI Sky) ao Tableau para analisar a experiência de seus clientes em seu site de comércio eletrônico. Os painéis do Tableau mostram como nossos clientes interagem com o conteúdo do site em cada etapa de suas jornadas. Isso ajuda as equipes da Lenovo a segmentar clientes com mais eficiência e a vender mais produtos.

“O Tableau nos ajuda a mapear a navegação no site, desde a exploração até o cenário pós-venda em diferentes estágios”, explica Santosh. Todos os funcionários da organização, inclusive seus mais altos executivos, usam esses painéis para tomar decisões diárias.”

Em um artigo recente da Analytics India Magazine, Santosh contou como o Tableau está ajudando as equipes da Lenovo a criar fontes de dados para conhecer todo o escopo da experiência de seus clientes.

“Criamos um único painel com 30 fontes de dados diferentes”, conta Santosh. “Todas essas fontes de dados estão relacionadas a feedbacks de clientes, que foram obtidos de mídias sociais, varejistas, sites ou pesquisas. Analisamos todos esses dados e utilizamos o processamento de linguagem natural para entender os temas abordados ou os sentimentos dos clientes em relação aos produtos da Lenovo.”

“Poder tomar decisões em tempo real está permitindo que os funcionários da empresa tomem decisões de negócios com mais agilidade, o que consequentemente melhora as principais métricas de sucesso, como o aumento das vendas e da receita.”

No lugar de 100 relatórios, painéis estratégicos de RH

A equipe de análises capacitou várias divisões da Lenovo. Uma delas é o departamento de Recursos Humanos.

Antes da implantação do Tableau, a equipe de Recursos Humanos criava mais de 100 relatórios globalmente sobre aquisição de talentos, compensações, compensação de vendas, desgastes e gerenciamento de funcionários. Isso resultava em um longo ciclo de geração de relatórios, impossibilitando os chefes do departamento de RH de tomarem decisões embasadas.

Depois de apenas três meses de uso do Tableau, o departamento de Recursos Humanos da Lenovo criou diversos painéis estratégicos com base nos dados que os ajudaram a atingir metas importantes para a divisão.

Você também pode gostar de...