Whitepaper

Seis tendências de análise para o setor varejista em 2016

Autoria
Jeff Huckaby, Diretor do segmento de mercado de varejo e bens de consumo, Tableau

A tendência de análise no setor varejista não é uma novidade, mas técnicas e tecnologias em amadurecimento, e as muitas novas oportunidades que elas oferecem, estão crescendo exponencialmente.

Com a explosão de dados de hoje, empresas estão reunindo dados de pontos de vendas, do tráfego do site, números de marketing e dados transacionais para encontrar informações acionáveis no cenário geral. Porém, analisar todas essas informações é apenas uma pequena parte do mundo do comércio, que se encontra em constante evolução.

À medida que a mobilidade e a análise se encontram, consumidores e varejistas estão seguindo em direção a uma experiência móvel e em tempo real. A onda da inovação está longe de acabar. Este artigo destaca as principais tendências de análise para o setor varejista e de bens de consumo em 2016, incluindo:

  • Análises avançadas não são mais apenas para analistas
  • Gerar relatórios em dispositivos móveis já é uma realidade
  • A Internet das Coisas muda o paradigma das compras
  • A integração de dados omnicanal está mais empolgante
  • O mix de marketing do varejo está mais moderno
  • Ter um inventário em tempo real agora é uma necessidade

Continuar lendo...

São necessários apenas 15 segundos para preencher. Se já fez sua inscrição, faça login.

Sobre o autora

image

Jeff Huckaby

Diretor do segmento de mercado de varejo e bens de consumo, Tableau

Jeff Huckaby, estrategista global do setor e especialista em go-to-market para varejo, é responsável pela estratégia de go-to-market da Tableau Software e se dedica a ajudar os varejistas a ver e a entender seus dados. Com mais de 16 anos de experiência, Jeff já ocupou cargos analíticos nas áreas de negócios e TI com sucesso. Sua visão e estratégia para transformar ambientes corporativos herdados em modelos de autoatendimento centrados na análise visual e em análises avançadas resultaram em aplicativos inovadores de business intelligence, processos analíticos significativamente mais rápidos e um retorno mensurável sobre os investimentos.

A visão de Jeff para fazer a análise de varejo avançar é o que impulsiona sua missão de destacar-se como um dos mais inovadores líderes do setor. Sua paixão pelo uso dos dados e da análise para maximizar o valor comercial, aumentar a eficiência das áreas funcionais e resolver problemas comerciais complexos o colocou no ranking dos 25 melhores profissionais da informação da Information Management Magazine (2011) e lhe permitiu ganhar o prêmio Business Value of Business Intelligence Award (2008) por identificar um alto ROI após impostos para as gigantes HP e Eli Lilly.