Whitepaper

Como desenvolver uma cultura de análise de autoatendimento

Autoria
Marc Rueter, Diretor sênior de gerenciamento de produtos, Tableau Software

A tecnologia deu um grande salto na última década. Estamos todos conectados, dia e noite, com nossos smartphones. Podemos falar com qualquer pessoa, fazer compras e encontrar as respostas para as nossas perguntas sempre que quisermos e onde estivermos.

Rapidamente nos acostumamos a ter as respostas na ponta de nossos dedos e cada vez mais esperamos ter isso em nosso ambiente de trabalho. Parte dessa nossa expectativa se deve à nossa curiosidade inata. Quando encontramos algo novo, queremos e precisamos saber mais sobre aquilo. O conhecimento é recompensador porque ele “elimina estados de ignorância e incerteza indesejados”, afirma o pesquisador Jonathan Litman. É enlouquecedor quando não conseguimos entender alguma coisa. Queremos saber por que algo aconteceu para evitarmos ou repetirmos o mesmo resultado no futuro.

Isso não significa saber apenas a resposta ou o resultado final, queremos participar do processo de descoberta. O que impele a nossa curiosidade é a nossa necessidade de entender o que, por que, como e para quê. Ter acesso apenas às respostas não nos ajuda a entender tanto as coisas como quando participamos do processo de descoberta que nos leva a essas respostas. Juntos, o processo de descoberta e as respostas nos permitem ter um entendimento holístico com o qual seremos capazes de evitar o que é ruim, promover o que é bom e encontrar novas oportunidades.

Os dados nos ajudam a obter esse entendimento e a encontrar essas respostas. Estamos coletando cada vez mais dados – em nossas vidas pessoais e também em nossas organizações. Esses dados nos fornecem os fatos, a verdade, a visão objetiva do que aconteceu. Os dados são conhecimento, e quando as pessoas têm a oportunidade de fazer análises e perguntas usando seus dados para tomar decisões no dia a dia, elas obtêm o entendimento, as informações e as oportunidades que procuram.

Continuar lendo...

São necessários apenas 15 segundos para preencher. Se já fez sua inscrição, faça login.

About the author

image

Marc Rueter

Diretor sênior de gerenciamento de produtos, Tableau Software

Marc é diretor sênior de gerenciamento de produtos na Tableau. Ele vem ajudando clientes, parceiros e funcionários a fazerem coisas incríveis com o Tableau desde a primeira versão do software. Muitas das ideias e soluções criativas de Marc acabaram se tornando opções de menu em versões posteriores do produto. Atualmente, sua missão é ajudar a definir a direção estratégica da Tableau, enquanto continua a aprimorar seu domínio do software. Além de seus conhecimentos sobre o Tableau, Marc acumula uma vasta experiência em BI e tem um MBA e uma graduação em Engenharia Mecânica.