Supermercados Extrabom ampliam agilidade na análise de dados com o Tableau


A rede Extrabom nasceu em 1978 como uma pequena mercearia em Cariacica (ES). Hoje o varejista está entre as 35 maiores redes de supermercados do Brasil.

Por fazer parte de um setor extremamente competitivo, a empresa precisava aumentar a agilidade de suas análises para tomar decisões com mais rapidez. Com a ajuda do parceiro da Tableau, a QI ao Cubo, a Extrabom implantou o Tableau e conseguiu eliminar um dia inteiro de seu processo de análise.

Hoje em dia, executivos e estrategistas da Extrabom usam o Tableau para otimizar as análises e obter uma visão global de métricas como lucro e perdas.


Tableau: Como o Tableau é particularmente útil para o seu setor?
Vitor Ventura, Gerente de tecnologia: Nosso ramo é muito competitivo e trabalha com margens muito apertadas. Por isso, nossa operação tem que ser muito otimizada e temos que estar sempre atento às perdas e à margem de lucro.

Tableau: Como o Tableau beneficia sua empresa de fato?
Vitor: Com o Tableau conseguimos ter uma melhor visão do todo, onde estão as oportunidades de melhoria, e com isso conseguimos contribuir para a rentabilidade do negócio.

Tableau: Qual é o impacto que o Tableau teve na empresa em relação aos insights, houve uma economia de tempo?
Vitor: O principal impacto foi que conseguimos melhorar e otimizar o tempo de entrega de informações. Com o Tableau, a entrega dos relatórios é quase imediata.

Num projeto específico, na área de logística, o Tableau nos beneficiou muito com a criação de dashboards de gestão a vista. Com eles, conseguimos melhorar o processo e obtivemos um ganho de 19% em relação ao desempenho de produção da logística.

Em termos de atendimento de nível de serviço, no abastecimento as lojas, com os dashboards do Tableau conseguimos melhorar o indicador de 83% para 99,7% em dez meses. Por isso, o Tableau hoje é uma ferramenta já faz parte do dia a dia da logística.

O principal impacto foi que conseguimos melhorar e otimizar o tempo de entrega de informações. Com o Tableau, a entrega dos relatórios é quase imediata.

Tableau: Qual é o número de pessoas criando, utilizando e interagindo com o Tableau?
Vitor: Hoje, o Tableau atende a empresa de ponta a ponta, da diretoria até a operação, por exemplo, no caso da área de logística. Assim, no que diz respeito ao consumo de informações entregues pelo Tableau, estamos falando de uma base de 200 usuários, em nível de operação. Já no nível de interação/criação, são cerca de dez usuários.

O detalhamento que o Tableau entrega em relação à informação é algo que para nós, hoje, é crucial. Basicamente seria impossível operarmos business inteligence sem o Tableau Server., visto o nosso grande volume de dados. Temos análises que chegam quase a cinco milhões de linhas. Outro benefício é que ele nos permite compartilhar as informações entre as áreas com facilidade e permitindo os acessos de forma correta.

Tableau: E como foi o início da implantação do Tableau?
Vitor: A QI ao Cubo, foi crucial para a gente em todo o processo, por nos orientou, esteve sempre próxima e nos auxiliou na implantação da ferramenta e a explorá-la cada vez mais. Sim, a QI ao Cubo, que é o parceiro Tableau no Espírito Santo, esteve com a gente todo o tempo, desde a seleção da ferramenta até a entrega dos dashboards mais complexos, das visões e outros projetos.

Além disso, ainda em parceria com a QI ao Cubo, trabalhamos também no sentido de gerar as fontes de dados, de modo que os usuários as pudessem utilizar.

Tableau: Quem está usando o Tableau na Extrabom?
Vitor: Começamos a trabalhar com o Tableau a partir da gestão econômica da companhia, no sentido de preparar a empresa para o cenário econômico que estava se desenhando para 2015/2016. A partir daí o trabalho evoluiu, e hoje trabalhamos com o Tableau em outras duas frentes: inteligência de mercado e na área de logística.

Você também pode ter interesse em...