Escalabilidade do Tableau Server 9.0: impulsionando a análise de autoatendimento escalonável


Visão geral | O que você aprenderá: 

O Tableau 9.0 foi o maior lançamento de produto da história da nossa empresa. Desde novembro de 2014, no início do ciclo de lançamento da versão 9.0, começamos a fazer os testes de desempenho e escalabilidade dos novos recursos enquanto eles ainda estavam sendo desenvolvidos. Incorporamos vários dos feedbacks relativos ao design dos novos recursos durante os testes de desempenho e carga do Tableau Server 9.0.

Existem diversos fatores que podem afetar o desempenho e a escalabilidade do produto, como o design da pasta de trabalho, a configuração do servidor, os ajustes da infraestrutura e a rede.

Também separamos as páginas iniciais do whitepaper para você ler. Baixe o PDF à direita para ler o restante.


Resumo executivo

O Tableau 9.0 foi o maior lançamento de produto da história da nossa empresa. Desde novembro de 2014, no início do ciclo de lançamento da versão 9.0, começamos a fazer os testes de desempenho e escalabilidade dos novos recursos enquanto eles ainda estavam sendo desenvolvidos. Incorporamos vários dos feedbacks relativos ao design dos novos recursos durante os testes de desempenho e carga do Tableau Server 9.0.

Existem diversos fatores que podem afetar o desempenho e a escalabilidade do produto, como o design da pasta de trabalho, a configuração do servidor, os ajustes da infraestrutura e a rede.

Com base em nossas metas e metodologia de teste, demonstramos que:

  1. O Tableau Server 9.0 é escalonável de forma praticamente linear em todos os cenários testados.
  2. O Tableau Server 9.0 apresentou uma melhora de mais de 200% na taxa de transferência e uma redução significativa nos tempos de resposta em comparação ao Tableau Server 8.3.
  3. O Tableau Server 9.0 demonstrou uma capacidade de uso maior de memória e rede em relação ao Tableau Server 8.3.

Com tantas atualizações na arquitetura do Tableau Server 9.0, decidimos usar as topologias em cluster tendo como base os vários testes para o seu novo design e os cenários mais comuns de clientes. Na Figura 1 abaixo, cada linha mostra uma configuração de cluster do Tableau Server 9.0 com um nó e 16 núcleos, dois nós e 32 núcleos e três nós e 48 núcleos.

Observamos que, com várias configurações, o Tableau Server 9.0 foi capaz de oferecer suporte ao seguinte número de usuários. A tabela com os usuários simultâneos abaixo mostra o número de usuários finais que acessam visualizações e interagem com elas ao mesmo tempo, à capacidade máxima do servidor (saturação), calculada com base na Lei de Little.

Quer saber mais? Baixe o restante do whitepaper!

Continuar lendo...

Você também pode gostar de...