Whitepaper

Tableau para a empresa: uma visão geral de TI

Autoria
Marc Rueter, Senior Director of Technology and Strategy - Tableau Software
Ellie Fields, Sr. Director of Product Development, Tableau

Introdução

Uma nova geração de software de business intelligence e análise visual coloca dados nas mãos de pessoas que precisam deles. Sistemas rígidos e lentos não atendem mais a Power Users ou às equipes de TI que fazem sua manutenção. A pressão da concorrência e novas fontes de dados estão criando novas necessidades. Os usuários exigem respostas às suas perguntas com rapidez e facilidade, e isso é bom.

A Tableau Software foi fundada com base na ideia de que a análise de dados e a geração de relatórios subsequentes não devem ser atividades isoladas, mas devem ser integradas em um único processo de análise visual, que permita aos usuários observar padrões em seus dados e alternar exibições de forma dinâmica para acompanhar o seu raciocínio. O Tableau combina a exploração e a visualização de dados em um aplicativo fácil de usar e que qualquer pessoa pode aprender rapidamente. Qualquer pessoa familiarizada com o Excel pode criar análises valiosas e interativas, bem como painéis eficientes para depois compartilhá-los com segurança com toda a empresa. As equipes de TI podem gerenciar dados e metadados de forma centralizada, controlar permissões e ampliar as implantações de nível empresarial.

Esta visão geral foi desenvolvida para responder a perguntas habituais de administradores e gerentes de TI e ajudá-los com o suporte de implantações de software de análise visual de qualquer tamanho. Este documento aborda o seguinte:

  • Arquitetura do Tableau
  • Modelos de implantação
  • Segurança
  • Escalabilidade
  • Administração de sistemas
  • Estratégia de dados
  • Gerenciamento de metadados
  • Implantação em dispositivos móveis

Arquitetura

O Tableau dispõe de uma arquitetura de inúmeras camadas, do tipo cliente-servidor, altamente escalável, compatível com clientes móveis, clientes Web e software instalado em computador. O Tableau Desktop é uma ferramenta de criação e publicação usada para criar exibições compartilhadas no Tableau Server.

O Tableau Server é uma plataforma de análise de negócios de nível empresarial que pode ser ampliada para atender a centenas de milhares de usuários. Ele oferece análises baseadas em navegador e em dispositivos móveis e opera com as estratégias de dados e os protocolos de segurança existentes na empresa. Tableau Server:

  • Ampliação: Com vários threads
  • Distribuição: Permite vários processos
  • Oferece cluster integrado
  • Suporte a à alta disponibilidade
  • É seguro
  • Pode ser executado em máquinas físicas e virtuais

Camada de dados

Uma das principais características do Tableau é que ele oferece suporte à arquitetura de dados de sua escolha. O Tableau não exige que seus dados sejam armazenados em nenhum sistema exclusivo, proprietário ou diverso. A maioria das organizações tem um ambiente de dados heterogêneo, onde data warehouses, bancos de dados, cubos e arquivos simples do Excel estão presentes e são muito usados. O Tableau pode ser executado com todos eles simultaneamente. Não é necessário recuperar todos os dados na memória, a menos que você o deseje. Se as suas plataformas de dados existentes forem rápidas e escaláveis, o Tableau permitirá que você aproveite de forma direta o seu investimento, utilizando a capacidade de seu banco de dados para responder a perguntas. Se esse não for o caso, o Tableau oferece opções fáceis para atualizar seus dados e torná-los mais rápidos e responsivos com nosso Mecanismo de Dados rápido na memória.

Conectores de dados

O Tableau inclui uma série de conectores de dados otimizados para bancos de dados, como o Microsoft Excel, SQL Server, Oracle, Teradata, Vertica, Cloudera Hadoop e muito outros. Existe também um conector ODBC genérico que serve para qualquer sistema que não disponha de um conector nativo. O Tableau oferece dois modos de interagir com os dados: conexão em tempo real ou na memória. Os usuários podem alternar entre uma conexão em tempo real e na memória.

Conexão em tempo real: Os conectores de dados do Tableau aproveitam sua infraestrutura de dados existente enviando instruções SQL ou MDX diretamente para o banco de dados de origem, em vez de importar todos os dados. Isso significa que, se você investiu em um banco de dados rápido, otimizado para análise, como o Vertica, você pode obter os benefícios desse investimento conectando seus dados em tempo real. Ele deixa os dados de detalhes no sistema de origem e envia os resultados agregados das consultas ao Tableau. Isso significa também que o Tableau pode usar efetivamente quantidades ilimitadas de dados. Na verdade, o Tableau é o cliente de análise front-end de muitos dos maiores bancos de dados do mundo. O Tableau otimizou cada um dos conectores para aproveitar as características exclusivas de cada fonte de dados.

Na memória: O Tableau oferece um Mecanismo de Dados na memória rápido e otimizado para análises. Você pode se conectar aos seus dados e, em seguida, com um clique, extrair os dados e inseri-los na memória no Tableau. O mecanismo de dados do Tableau utiliza todo o sistema para obter uma resposta rápida à consulta em centenas de milhares de linhas de dados em um hardware convencional. Como o mecanismo de dados pode acessar o armazenamento em disco, bem como a memória RAM e o cache, ele não fica limitado pela quantidade de memória de um sistema. Não há requisitos para carregar um conjunto de dados inteiro na memória e atingir suas metas de desempenho.

Componentes do Tableau Server

O trabalho do Tableau Server é realizado por meio destes quatro processos de servidor:

Servidor de aplicativos: Os processos do Servidor de aplicativos (wgserver.exe) cuidam da navegação e das permissões para as interfaces do Tableau Server na Web e em dispositivos móveis. Ao abrir uma exibição em um dispositivo cliente, o usuário começa uma sessão no Tableau Server. Isso significa que um thread do Servidor de aplicativos é iniciado e verifica as permissões para esse usuário e essa exibição.

VizQL Server: Depois que a exibição é aberta, o cliente envia uma solicitação ao processo VizQL (vizqlserver.exe). O processo VizQL envia consultas diretamente à fonte de dados, retornando um conjunto de resultados que é renderizado como imagens e apresentado ao usuário. Cada VizQL Server tem seu próprio cache que pode ser compartilhado com diversos usuários.

Data Server: O Data Server do Tableau permite que você gerencie e armazene de forma centralizada as fontes de dados do Tableau. Ele também mantém metadados do Tableau Desktop, como cálculos, definições e grupos. A fonte de dados publicada pode se basear em:

  • Uma extração do Mecanismo de Dados do Tableau
  • Uma conexão em tempo real com um banco de dados relacional (não há suporte para cubos).

Saiba mais sobre o Data Server na seção Estratégia de dados abaixo.

Processador em segundo plano: O processador em segundo plano atualiza extrações agendadas e gerencia outras tarefas em segundo plano.

Balanceador de carga/gateway

O Gateway é o Tableau Server principal que encaminha as solicitações a outros componentes. As solicitações recebidas do cliente chegam primeiro no servidor de gateway e são encaminhadas ao processo adequado. Se diversos processos estiverem configurados para qualquer componente, o gateway atuará como um balanceador de carga e distribuirá as solicitações entre os processos. Na configuração de servidor único, todos os processos permanecerão no gateway ou no servidor primário. Quando executado em um ambiente distribuído, uma máquina física é designada como servidor primário, e as outras são designadas como servidores secundários que podem executar qualquer número de outros processos. O Tableau Server sempre usa apenas uma máquina como seu servidor primário.

Quer saber mais? Baixe o restante do whitepaper!


Continuar lendo...

São necessários apenas 15 segundos para preencher. Se já fez sua inscrição, faça login.

Sobre o autor

image

Marc Rueter

Senior Director of Technology and Strategy - Tableau Software

Marc Rueter is Tableau Software’s Senior Director of Technology and Strategy. Prior to Tableau, he held positions at MicroStrategy and Siebel Systems. At Siebel, he led a team that developed successful applications for retailers. Marc plays an instrumental role in Tableau’s product development, providing critical input based on his experience helping clients with large projects. He is a Microsoft Certified Systems Engineer for SQLServer. Marc holds a Mechanical Engineering degree from Virginia Tech and an MBA from the University of Washington.

image

Ellie Fields

Sr. Director of Product Development, Tableau

Ellie Fields leads product development teams at Tableau responsible for building analytics that reach more people. Responsible for product strategy and execution for mobile apps, collaboration, alerting, server experience, onboarding and Tableau Public. She's also a regular speaker on Tableau's approach to business intelligence. Prior to Tableau, Ellie worked at Microsoft and in late-stage venture capital. She has an engineering degree from Rice University and an M.B.A. from The Stanford Graduate School of Business.