Para aumentar ainda mais a escalabilidade, o desempenho e a segurança do Tableau Server, estamos aproveitando as novas tecnologias de conteinerização nativas de cada sistema operacional. A partir da primeira versão de 2021, o Tableau Server exigirá o Windows Server 2016, o Windows Server 2019 ou o Linux.

Com essa mudança, as novas versões do Tableau Server a partir de 2021 deixarão de ser compatíveis com o Windows Server 2012 e o Windows Server 2012 R2. Evidentemente, continuaremos prestando suporte à última versão do Tableau de 2020 durante nosso período de suporte padrão de 30 meses, então essa versão receberá atualizações de segurança e outras correções até o primeiro semestre de 2023. Além disso, seguindo a política de suporte do Windows Server da Microsoft, também encerraremos o suporte ao Windows 2008 com a primeira versão de 2020, pois a Microsoft deixará de prestar suporte ao sistema operacional com atualizações de segurança.

Linha do tempo das atualizações nos requisitos de sistema operacional do Tableau Server

Essa mudança se aplicará somente às novas versões do Tableau Server lançadas a partir de 2021. As versões de manutenção do Tableau Server alinhadas às versões principais trimestrais (2019.2.0, 2019.3.0 etc.) que forem lançadas antes de 2021 não serão afetadas. Não haverá mudanças no suporte ao sistema operacional Linux. Além disso, essa alteração não se aplicará a nossos outros produtos, incluindo Tableau Desktop, Tableau Prep Builder, Tableau Bridge e Tableau Online.

Por que os contêineres são importantes e como eles podem ajudar? Basicamente, eles facilitam o escalonamento e o suporte da sua implantação do Tableau Server. Pense nos contêineres como uma evolução do conceito de máquina virtual. Os sistemas operacionais e a infraestrutura subjacente são abstraídos.  Em termos de benefícios tangíveis, com uma arquitetura de contêineres, ficará mais fácil implantar o Tableau Server várias vezes com rapidez e gerenciar os recursos do sistema. Também podemos adaptar o Tableau Server para aproveitar melhor a flexibilidade dinâmica oferecida por nossos parceiros de nuvem.

Embora dois anos possam parecer muito tempo, recomendamos que você comece a planejar sua estratégia de atualização de sistema operacional hoje mesmo. Comece conhecendo os benefícios do Windows Server 2019, como recursos aprimorados de identidade e segurança, além da possibilidade de integrar cargas de trabalho locais do Windows Server a serviços do Azure, como a recuperação de desastres. Se você já teve curiosidade sobre a execução do Tableau Server no Linux, este pode ser o momento certo de fazer a transição. Saiba mais e descubra se o Linux é adequado para seu ambiente.

Como sempre, queremos saber sua opinião. Deixe suas observações nos comentários.

Você também pode ter interesse em...

Assine nosso blog