Na Tableau, pensamos nas necessidades atuais e futuras de nossos clientes. Por isso, cada nova versão é criada para que eles possam extrair cada vez mais informações dos dados. No post anterior do blog do Tableau 9.0, Análise em fluxo contínuo, escrito por Ian A. Coe, você viu que estamos desenvolvendo cálculos mais rápidos, mais fáceis e melhores de criar e usar. Hoje, veremos com mais detalhes um novo elemento da linguagem de cálculo do Tableau: as expressões de nível de detalhe (expressões de LOD). As mudanças na linguagem são pequenas, mas o impacto em suas análises de dados será profundo. As expressões de nível de detalhe (expressões de LOD) no Tableau 9.0 permitem criar visualizações mais sofisticadas e mais reutilizáveis.

Este é um dos diversos posts sobre o Tableau 9.0, ainda na versão beta. Leia outros posts sobre o Tableau 9.0:

Vamos analisar alguns conceitos e terminologias e, em seguida, ver alguns exemplos.

Muitas vezes, o desafio da análise de dados é pegar uma pergunta simples de fazer e respondê-la com os dados. O Tableau permite que você forneça essa resposta como uma visualização. As análises geralmente comparam ou consultam dados em diversos níveis de agregação. O foco principal da visualização pode estar em um nível, mas a pergunta pode se referir a outro. Por exemplo: você está visualizando a receita das vendas de um determinado país em um mapa, mas deseja comparar essas vendas com as vendas globais.

No Tableau, chamamos o nível de agregação da visualização principal de “nível de detalhe”. As expressões de LOD nos permitem ver além do nível de detalhe da visualização. Os dados da visualização normalmente são o resultado da filtragem dos dados da fonte de dados. As expressões de LOD podem detectar os dados antes que eles sejam filtrados, possibilitando análises mais avançadas.

Primeiro, vamos considerar algumas perguntas analíticas típicas. Elas são muito fáceis de expressar na linguagem do dia a dia, por exemplo:

  1. Como as vendas de cada país contribuem para as vendas globais? Quero ver o desempenho de cada país em relação ao total das minhas vendas.
  2. Posso comparar o lucro real de um estado com a meta, mais qual é a porcentagem dos produtos que atingem ou não suas respectivas metas em cada estado?
  3. Como a fidelidade do cliente afeta o tamanho da compra?

Cada pergunta tem um foco ou contexto claro.

Escolhi esses exemplos para ilustrar os diferentes tipos de referências a outros níveis de detalhe. A primeira pergunta analisa um nível de detalhe mais alto. A segunda analisa um nível de detalhe abaixo do meu nível atual. Enquanto a terceira compara dois conjuntos de dados no mesmo nível de detalhe. Estamos comparando e contrastando. O contraste nos traz clareza. Os dados nos trazem significado.

Vamos ver os exemplos no Tableau 9.0 para saber como responder a essas perguntas usando as expressões de LOD.

1. Contribuição para as vendas
Podemos usar um mapa para visualizar como a receita das vendas de um país contribui para a receita das vendas globais. Se atribuirmos cores às porcentagens de contribuição, as cores mais escuras corresponderão às contribuições mais altas. Quando analisamos todos os mercados, podemos ver que os EUA têm uma grande contribuição (18%) para a receita das vendas globais.

Vamos supor que você queira se concentrar em um mercado emergente como a UE que, em termos absolutos, tem uma contribuição pequena para as vendas. Usando uma expressão de LOD, podemos filtrar os dados pelo mercado da UE e ainda medir a contribuição global.

Observe que a receita das vendas globais não será mais exibida na visualização depois que filtrarmos os dados pelo mercado da UE, mas podemos consultá-la usando uma expressão de LOD. É possível ver a expressão de LOD em Como, mas não se preocupe muito com esses detalhes. Falaremos mais sobre a sintaxe e o uso desse recurso em futuros posts. O importante é perceber que estamos analisando a Europa e consultando os dados das vendas globais. Tiramos da exibição os dados que não se referem à Europa, mas ainda podemos consultar a soma das vendas globais.

2. Real x Meta
Nesta visualização, criamos um gráfico que aponta a diferença entre o lucro real e a meta de lucro de uma cadeia de cafés. Podemos ver claramente os estados que excederam a meta e os que estão abaixo dela. Gerenciamos e informamos essas variações de lucro por estado, mas também podemos estar interessados na lucratividade dos produtos em cada estado. Basta selecionar os estados e ver os detalhes. Essa é uma operação de detalhamento típica. Mas podemos fazer melhor.

No próximo gráfico, usamos uma expressão de LOD simples para calcular a porcentagem dos produtos que atingiram suas metas de lucro em cada estado.

Agora, vemos que Massachusetts, embora tenha atingido a meta do estado, tem uma proporção relativamente menor de produtos que atingiram suas metas – valeria a pena investigar isso melhor.

Neste exemplo, estamos destacando a variação do lucro em um nível de detalhe inferior (Produtos) ao nível de detalhe atual (Estados). Usando a expressão de LOD, adicionamos os produtos ao cálculo de variação por estado.

3. Fidelidade do cliente
As expressões de LOD podem ser combinadas com outros tipos de cálculos e podem ser reutilizadas. Neste exemplo, combinamos a expressão de LOD com um cálculo de tabela para criar um gráfico visual eficiente.

Nossa expressão de LOD calcula a data da primeira compra de cada cliente. Isso nos permite visualizar a coorte de clientes que fizeram seus primeiros pedidos no mesmo ano. Então, podemos exibir a receita de nossas vendas e a porcentagem do total das vendas detalhada por cada coorte. A mesma expressão de LOD pode ser reutilizada. Por exemplo, você pode usar a mesma expressão para definir um coorte de clientes pelo mês da compra.

Essa foi uma rápida introdução sobre as expressões de LOD. Procure outros post dos Zen Masters da nossa comunidade e da equipe do Tableau. Você aprenderá a combinar expressões de LOD com os recursos novos e existentes do Tableau para criar análises visuais incríveis Conhecerá mais técnicas avançadas de criação de compartimentos, uso proporcional do pincel e exemplos mais abrangentes de coorte.

A partir daí, o poder de criar o futuro estará nas suas mãos. Estamos ansiosos para ver o que você fará com as expressões de LOD e os outros 80 novos recursos do Tableau 9.0.

Você também pode gostar de...

Comentar

Assine nosso blog