No post de hoje, continuaremos a falar sobre as expressões de nível de detalhe (LOD). Como geralmente é mais fácil aprender com exemplos, mostraremos algumas questões analíticas comuns que as expressões de LOD resolvem magistralmente. Vamos começar com exemplos simples e aumentar gradativamente o nível de complexidade ao longo desta série.

Por que isso é importante? Os desafios de LOD surgem a todo instante e, mesmo que não tenha percebido, é muito provável que você já tenha enfrentado alguns deles. As expressões de LOD permitem ajustar um cálculo a uma determinada dimensão para que ele se mantenha sempre nesse nível de granularidade. É como se uma expressão de LOD fosse uma divisória oculta onde as dimensões podem ser colocadas.

Para quem as expressões de LOD são úteis? Você já fez uma pergunta aparentemente simples para seus dados e não conseguiu encontrar uma solução adequada? Já se viu tendo que criar uma solução alternativa complexa para essas perguntas simples? Então, é bem provável que você já tenha enfrentando um desafio relacionado ao LOD.

As expressões de LOD representam um avanço nos recursos de cálculo do Tableau e eliminam a necessidade de soluções alternativas inconvenientes, permitindo casos de uso que não seriam possíveis antes. Depois de praticar um pouco todos os dias, os usuários corporativos poderão usar as expressões de LOD para ver e entender melhor os seus dados.

Vamos ver alguns exemplos reais das expressões de LOD em ação:

Histograma de pedidos
Encontrar o número de vezes que cada cliente fez um pedido em nossas lojas é uma tarefa fácil. Mas e se quiséssemos saber quantos clientes fizeram 1, 2, 3 ou 4 pedidos no total? Essa é uma pergunta simples, mas seria muito difícil respondê-la sem as expressões de LOD. Os dados dos pedidos neste exemplo apresentam vários itens por pedido, então não podemos simplesmente gerar um histograma com o número de pedidos distintos de cada cliente. Precisamos encontrar uma forma de sempre definir o número de pedidos distintos na dimensão Clientes.

KPI do lucro diário
Podemos muito bem analisar tendências de lucro ao longo do tempo, mas e se preferirmos medir nosso sucesso pelo lucro total por dia útil? Provavelmente iríamos querer saber o número de dias lucrativos de cada mês ou ano, especialmente se estivermos curiosos sobre os efeitos sazonais. A pasta de trabalho a seguir mostra como as expressões de LOD nos permitem criar de forma simples compartimentos em dados agregados, como lucro por dia, em vez de lucro por transação.

Vendas comparativas
As expressões de LOD abrem um mundo de possibilidades para coortes, agregações de agregações, compartimentos agregados e muitas outras áreas. Elas também abrem portas para casos de uso menos óbvios, mas igualmente valiosos, como a possibilidade de comparar uma parte de nossos itens/regiões/funcionários com todo o restante. O exemplo a seguir mostra como comparar uma categoria selecionada a todas as outras categorias de um mesmo grupo, o que facilita ver a relação entre elas.

Você também pode gostar de...

Comentar

Assine nosso blog