Seis práticas recomendadas para a criação de painéis eficazes


Visão geral | O que você aprenderá: 

O diferencial dos painéis baseados em dados é permitir que as pessoas vejam e entendam os dados com muita rapidez. Quando bem planejados, eles democratizam o acesso aos dados, permitindo que líderes empresariais e profissionais da área de conhecimento façam perguntas e obtenham respostas em tempo real, transformem informações em ações e inspirem a verdadeira inovação.

Ainda assim, alguns erros são bastante comuns durante a criação dos painéis, gerando ineficiência, imprecisão e perda de tempo.

Então, como você pode criar painéis adequados às metas da sua organização? Como pode criar os painéis ideais para seu trabalho, sua equipe e sua empresa?

Neste whitepaper, você aprenderá sobre:

  • Como conectar todos os dados a um painel, independentemente de onde eles estejam armazenados
  • Como combinar dados de várias fontes diferentes para obter uma visão holística
  • Escolher métricas essenciais para o painel, que reflitam os objetivos da organização
  • Usar os tipos de gráficos ou diagramas certos para seus dados
  • Acessar análises em dispositivos móveis quando estiver em campo para tornar seu trabalho mais ágil e eficiente
  • Como compartilhar painéis para colaborar com colegas, parceiros e clientes
  • Bônus: cinco erros que devem ser evitados na criação de um painel

Também separamos as páginas iniciais do whitepaper para você ler. Baixe o PDF à direita para ler o restante do documento.


Os painéis são excelentes ferramentas para transformar dados em informações úteis, mas geralmente são subestimados e mal utilizados.

Quando bem planejados, eles podem alinhar os esforços, agilizar o processo decisório, ajudar no acompanhamento dos resultados de desempenho e aumentar o retorno sobre o investimento (ROI) da sua organização. Ainda assim, alguns erros são bastante comuns durante a criação dos painéis, gerando ineficiência, imprecisão e perda de tempo.

Para poder ver e entender o cenário comercial como um todo e tomar decisões rápidas e embasadas, você precisa criar painéis que mostrem o que de fato está acontecendo em diversos conjuntos de dados, correlacionar padrões entre as diversas métricas utilizadas e fornecer ao mesmo tempo um resumo e uma análise visual detalhada do desempenho. Usar o painel como a “fonte única de verdade” não é um mito.

Então, como criar painéis que cumpram essa promessa? Como criar os painéis ideais para suas metas, sua equipe e sua empresa?

Os painéis que atendem a esses requisitos oferecem conexões de dados agnósticas e permitem combinar diversas fontes de dados. Eles também apresentam os dados visualmente para agilizar o entendimento das informações, podem ser compartilhados e estão disponíveis em versões para dispositivos móveis para maior conveniência e melhor colaboração.

Para criar painéis melhores, primeiro considere estas seis práticas recomendadas e, igualmente importante, consulte a seção bônus que fala sobre os cinco erros graves que você certamente quer evitar.

1. Conecte-se a todos os seus dados

Você tem dados e quer analisá-los para fazer descobertas por meio de um painel. É muito provável que você tenha dados armazenados em vários lugares. Para começar, conecte-se a todos os dados (internos e externos) que possam ter alguma informação que responda às suas perguntas. Não se limite apenas aos dados fáceis de acessar. Se você usa painéis para tomar decisões importantes, é essencial começar com todos os seus dados relevantes, onde quer que eles estejam.

Houve um tempo em que as organizações desejavam ter todos os seus dados centralizados em um só lugar. Mas com as contínuas inovações modernas, isso não é mais necessário, ou sequer uma prática recomendada.

As soluções de análise na nuvem agora são tão eficientes quanto as tecnologias locais em termos de confiabilidade, desempenho, segurança e flexibilidade. A nova prática recomendada é ter acesso aos dados onde quer que eles estejam, quer em um data warehouse local, quer na nuvem.

A JetSuite, uma empresa privada de fretamento de aeronaves com sede em Irvine, na Califórnia, precisava agilizar seu processo decisório com painéis. Ela descobriu que centralizar seus dados para apenas um pequeno grupo de tomadores de decisão tornava a empresa mais lenta.

“Com o tempo, descobrimos que centralizar todos os dados e ter apenas um grupo responsável pelas decisões simplesmente não funciona. Sem falar na lentidão... tudo fica muito demorado”, explica Keith Rabin, presidente da JetSuite.

“Precisamos atribuir essas decisões e esse poder aos nossos gerentes, que, no final das contas, devem ser os responsáveis por elas. Para isso, eles precisam de uma ferramenta que permita reunir esses grandes conjuntos de dados originários de diferentes sistemas e bancos de dados e conectá-los para ver os dados necessários ao processo decisório”, continua ele.

Além de ter várias opções para armazenar seus dados, você também pode escolher onde interagir com eles. Você pode criar seu painel em um desktop, mas quer ter certeza de que as pessoas certas possam visualizá-lo e interagir com ele, onde quer que elas estejam. Seja um colega de trabalho de outra região ou uma equipe de vendas itinerante que trabalha com dispositivos móveis, você precisa oferecer um acesso seguro e conveniente aos seus painéis, ou eles não serão usados. Ter flexibilidade para atender às suas necessidades é essencial.

“O conceito de mobilidade e disponibilização dos dados é o que importa hoje em dia. Queríamos disponibilizar os dados para nossos usuários”, conta Steve Roy, diretor de TI na JetSuite. “Não preciso me preocupar com firewalls e configurações. Ele está lá na nuvem, em um local seguro onde os principais executivos da empresa podem acessá-lo a qualquer momento, até mesmo em uma aeronave da JetSuite a 40.000 pés de altura.”

Na JetSuite, tomamos todo tipo de decisão rapidamente porque a organização usa todos os seus dados armazenados em locais diferentes. Isso só é possível porque a JetSuite publica todos os seus painéis na nuvem. E como são essas decisões mais rápidas? “Eu diria que são mais precisas. E é disso que você precisa em sua empresa hoje”, afirma Rabin.

Libere o potencial dos seus dados oferecendo acesso a eles a qualquer hora e em qualquer lugar, independentemente do local em que estão armazenados, na nuvem ou localmente.

Quer saber mais? Baixe o restante do whitepaper!

Continuar lendo...

Você também pode gostar de...