Tableau lança Pergunte aos dados, uma nova forma intuitiva de analisar dados com linguagem natural


Agora qualquer pessoa pode fazer perguntas aos seus dados, independentemente do seu nível de experiência.

Data de publicação: 13 Fevereiro, 2019 (Dia inteiro)

Seattle, EUA - 13 de fevereiro de 2019 - A Tableau Software (NYSE: DATA), desenvolvedora da plataforma de análise líder do mercado, anunciou o lançamento do Pergunte aos dados, que aproveita o potencial do processamento de linguagem natural para permitir que as pessoas façam perguntas aos dados em linguagem direta e recebam uma resposta visual instantânea diretamente no Tableau. Esse recurso patenteado ajuda qualquer usuário, independentemente de seu nível de conhecimento, a interagir de forma aprofundada com os dados e a descobrir informações analíticas que podem ser compartilhadas com outras pessoas sem necessidade de configuração ou programação. Pergunte aos dados está disponível sem custos adicionais como parte da versão mais recente do Tableau, o Tableau 2019.1, que também foi lançado hoje. Para mais informações, visite https://www.tableau.com/pt-br/products/new-features.

Da mesma forma que a Tableau foi pioneira ao introduzir o recurso arrastar e soltar no setor de análise, o Pergunte aos dados é o próximo estágio na evolução da análise de autoatendimento. Com o Pergunte aos dados, os clientes podem simplesmente digitar uma pergunta, como “quais foram minhas vendas este mês?”, para que o Tableau apresente uma visualização de dados interativa que eles podem continuar explorando, refinando a pergunta e se aprofundando ainda mais nos detalhes. Não é preciso entender em profundidade a estrutura dos dados ou ter conhecimentos de programação. Quer o cliente seja um gerente de produtos, um supervisor de produção, um médico ou o proprietário de uma pizzaria, o Pergunte aos dados capacita qualquer pessoa a ter uma conversa com seus dados. Ele usa algoritmos sofisticados que se baseiam na compreensão da intenção do usuário, e não em palavras-chave, o que ajuda o Tableau a apresentar resultados mais relevantes. Como o Pergunte aos dados é totalmente integrado ao Tableau, o usuário pode explorar seus dados de forma ininterrupta e harmoniosa, usando todas as funcionalidades analíticas da plataforma.

O Pergunte aos dados vem incluído gratuitamente no Tableau Server e no Tableau Online. Ele funciona com toda a gama de fontes de dados compatíveis do Tableau, seja em tempo real ou com extrações, permitindo uma conexão instantânea com qualquer fonte de dados, sem a necessidade de transferir os dados ou treinar o algoritmo. Além disso, não é preciso configurar nada: o Pergunte aos dados se integra aos recursos de segurança e governança existentes do Tableau Server, sendo assim uma ferramenta pronta para uso.

“Com o Pergunte aos dados, estamos ajudando a disseminar a análise ao permitir que qualquer pessoa analise seus dados, independentemente de seu nível de conhecimento”, afirma Francois Ajenstat, diretor de produtos da Tableau. “Nossa abordagem de linguagem natural de conversa com os dados, única no mercado, permite que as pessoas façam perguntas seguindo sua linha de raciocínio natural. O Pergunte aos dados oferece uma forma mais intuitiva e natural de interagir com os dados, eliminando as barreiras que dificultam a adoção da análise e permitindo que mais pessoas façam perguntas em linguagem direta para descobrir informações altamente relevantes com mais rapidez.”

Tecnologia patenteada traduz perguntas simples em consultas analíticas
Nos bastidores, o Pergunte aos dados usa algoritmos avançados para categorizar e indexar as fontes de dados automaticamente. O Pergunte aos dados entende, por exemplo, que quando o usuário digita “Móveis americanos” em seus dados de vendas, ele quer dizer “Categoria de produto” filtrada por “Móveis” e “País” definido para “Estados Unidos”. Ele então combina conhecimentos estatísticos sobre a fonte de dados com conhecimentos contextuais sobre conceitos do mundo real: “Móveis” é um valor comum do campo “Categoria de produto” e “americanos” é um adjetivo relacionado a “Estados Unidos”. Essa compatibilidade nativa com palavras relacionadas permite que as pessoas encontrem informações mesmo quando usam termos diferentes que representam o mesmo campo, como “vendas” e “reservas”.

Além disso, o analisador revolucionário do Pergunte aos dados decifra automaticamente termos ambíguos e usa a profundidade analítica do Tableau para permitir que as pessoas façam perguntas complexas com facilidade usando linguagem natural e coloquial. Dessa forma, quando uma pergunta pode ser interpretada de várias maneiras, o Pergunte aos dados combina seu conhecimento sobre a fonte de dados com as atividades anteriores do usuário e apresenta uma série de opções válidas para ele escolher, além da possibilidade de refinar os resultados se necessário. Totalmente integrado à plataforma do Tableau, o Pergunte aos dados usa a tecnologia Mostre-me patenteada e as práticas recomendadas de análise visual pioneiras do Tableau para representar automaticamente os dados da melhor forma possível.

Tableau 2019.1 também inclui novos recursos como novo aplicativo Tableau Mobile, conector do Google Ads e exportação para PowerPoint.
Neste primeiro lançamento de 2019, o Tableau também traz um aplicativo móvel totalmente reformulado para iOS e Android, com novas funcionalidades. Com os layouts automáticos para dispositivos móveis, bastará clicar em um botão para que novos painéis funcionem perfeitamente em celulares. O novo aplicativo móvel, que será lançado dentro de algumas semanas, permitirá aos clientes acessar suas visualizações do Tableau Server e do Tableau Online em qualquer lugar, sempre que precisarem, podendo inclusive interagir com elas off-line. O aplicativo também permitirá que as empresas aproveitem os recursos de segurança e governança existentes do Tableau ao expandirem suas implantações de análise.

O Tableau 2019.1 também inclui um conector do Google Ads, que ajudará profissionais de marketing a analisar seus dados de sites com mais facilidade e a combiná-los com outras fontes de dados da organização. Esse conector entra para a lista de mais de 65 conectores nativos disponíveis atualmente, incluindo Google BigQuery, Salesforce, Amazon Redshift, Snowflake e SAP Hana. Além disso, com o novo recurso de exportação para o PowerPoint, que otimiza visualizações e painéis para convertê-los em slides, os clientes poderão fazer apresentações de suas análises com o clique de um botão.

Juntamente com o Tableau 2019.1, a Tableau também está lançando o Tableau Data Management. A nova oferta de assinatura inclui o Tableau Prep Conductor para ajudar clientes a gerenciarem melhor seus dados, de modo a garantir que dados atualizados e confiáveis estejam sendo usados para orientar decisões em toda a organização. A Tableau também ampliará o valor desta oferta com os novos recursos de catálogo nativos que serão lançados posteriormente este ano. Os clientes podem incorporar esses recursos em seu ambiente atual atualizando para o Tableau Server 2019.1 e assinando o pacote Tableau Data Management. Para mais informações, visite https://www.tableau.com/pt-br/about/press-releases/2019/tableau-expands-....

Sobre a Tableau
A Tableau (NYSE: DATA) ajuda as pessoas a ver e a entender seus dados. A Tableau foi uma pioneira em análise de autoatendimento com sua plataforma de análise líder que permite que pessoas com qualquer nível de conhecimento trabalhem com os dados. De profissionais individuais e organizações sem fins lucrativos a órgãos governamentais e empresas do ranking Fortune 500, mais de 86 mil contas de clientes de todo o mundo usam o Tableau para descobrir informações com rapidez e tomar decisões impulsionadas por dados que fazem a diferença. Baixe a versão de avaliação gratuita em www.tableau.com/pt-br/trial e veja como o Tableau pode ajudar você.

Declarações prospectivas
Este comunicado à imprensa contém declarações prospectivas que implicam riscos, incertezas e hipóteses. Se for constatado que tais incertezas se materializaram de forma negativa ou que tais hipóteses estavam incorretas, os resultados do Tableau poderão ser consideravelmente diferentes dos resultados descritos ou sugeridos por nossas declarações prospectivas. Todas as declarações não referentes a fatos históricos devem ser consideradas prospectivas, inclusive quaisquer projeções relativas a recursos, desempenho, integração e segurança do produto ou quaisquer previsões sobre recursos novos, planejados ou atualizados e desenvolvimentos do produto. Esses e outros fatores de risco importantes estão incluídos em documentos registrados pela Comissão de Valores Mobiliários dos EUA, incluindo o último Formulário 10-Q registrado da Tableau, o relatório anual sobre o Formulário 10-K e outros relatórios e registros na Comissão de Valores Mobiliários e podem fazer com que os resultados reais sejam diferentes das expectativas. A Tableau não assume qualquer obrigação de atualizar as declarações prospectivas publicadas para refletir eventos ou circunstâncias posteriores à data em que tais declarações foram feitas.

Todos os serviços, recursos ou produtos não lançados mencionados neste ou em outros comunicados à imprensa, apresentações ou declarações públicas não estão disponíveis atualmente e podem não ser disponibilizados no prazo determinado ou em nenhum momento. Os clientes que comprarem nossos produtos e serviços devem tomar suas decisões de compra levando em consideração os recursos que já estão disponíveis.

Tableau e Tableau Software são marcas comerciais da Tableau Software, Inc. Todos os outros nomes de produtos e empresas podem ser marcas comerciais das respectivas empresas às quais estão associados.