A versão beta do Tableau 2020.1 chegou com formas incríveis de oferecer interatividade avançada a seus dados. Veja a seguir um resumo rápido dos principais destaques:

  • Parâmetros dinâmicos — Nunca estivemos tão felizes em anunciar um recurso. Com os parâmetros dinâmicos, damos adeus às constantes atualizações dos parâmetros do seu painel a cada mudança em seus dados.
  • Animações de visualização — Acompanhe visualmente o movimento das marcas em uma visualização para entender melhor como cada passo dado no Tableau afeta os resultados de suas visualizações.
  • Cálculos de buffer por distância — Eleve a análise espacial a um novo patamar com os cálculos de buffer para mapas, que ajudarão a entender melhor a proximidade entre as marcas.

Vamos explorar de forma mais detalhada alguns dos recursos mais importantes deste lançamento.

Acompanhe as mudanças nos seus dados com os parâmetros dinâmicos

Você pediu e nós atendemos! No Tableau 2020.1, tornamos realidade o recurso mais pedido no fórum Ideias da comunidade do Tableau. Apresentamos os parâmetros dinâmicos! Isso mesmo: agora não é mais preciso republicar pastas de trabalho contendo parâmetros toda vez que os dados subjacentes mudarem.

Defina o seu parâmetro uma única vez e o Tableau atualizará automaticamente o valor do parâmetro de acordo com a regra sempre que a pasta de trabalho for aberta. Para isso, abra a caixa de diálogo do parâmetro e procure uma nova opção chamada “Quando a pasta de trabalho abrir”. Altere a seleção do menu suspenso para o campo relevante e o Tableau passará a atualizar a lista de valores do parâmetro de acordo com a coluna que você selecionou. Pronto!

Dê mais vida às suas histórias de dados com as animações de visualização no Tableau.

Dê mais vida aos seus painéis com as novas animações de visualização Esse recurso aplica transições animadas às marcas em uma visualização para mostrar como os dados mudam ao realizar uma ação no Tableau, como filtrar ou ordenar. As animações são desenvolvidas para animar automaticamente todos os tipos de visualização no Tableau, incluindo gráficos de barras, de dispersão e de área.


Crédito: Mestre Zen do Tableau, Andy Kriebel

As animações são uma ferramenta avançada para revelar e explicar as etapas analíticas que resultaram em uma visualização. Por exemplo, imagine o gráfico de barras abaixo. Conforme você filtra alguns anos ou subcategorias, os tamanhos e as posições das barras mudam instantaneamente. Agora, aplique animações e, ao filtrar 2015, 2016 e 2014 abaixo, fica fácil acompanhar como o lucro muda. Ao excluir subcategorias, é possível ver as barras alterarem de tamanho com fluidez ao serem filtradas da exibição. Sem esse movimento, essas alterações seriam muito mais difíceis de ver e entender.

É simples ativar as Animações: basta ligá-las no novo painel de formatação de Animação, sem a necessidade de configuração. E quando você não precisar mais delas, é só desligá-las a qualquer momento na planilha, pasta de trabalho ou nível de usuário. Estamos ansiosos para ver como os seus painéis vão ganhar vida com esse novo recurso!

Crie mapas mais avançados com os cálculos de buffer.

Está mais fácil do que nunca entender a proximidade e a distância no Tableau 2020.1. Estamos introduzindo os cálculos de buffer, um acréscimo eficaz ao kit de ferramentas geoespaciais do Tableau. Com os cálculos de buffer, análises especiais complexas tornam-se acessíveis a todos. Com três parâmetros (local, distância e uma unidade de medida), o Tableau cria instantaneamente um buffer ou limite. O exemplo abaixo mostra quatro lojas em Washington, DC. Após criar um simples cálculo, consigo visualizar um buffer de 1,6 km ao redor das lojas para ver se há sobreposições entre lojas próximas, exibindo uma forte canibalização de mercado entre os locais.

Conecte e analise ainda mais dados

O Tableau 2020.1 traz consigo aprimoramentos significativos para os nossos conectores. Atualizamos o nosso conector Salesforce para oferecer mais rapidez de desempenho, maior flexibilidade e ainda mais dados para manipular. Primeiramente, alteramos a maneira como nos conectamos aos dados da Salesforce; o conector agora muda dinamicamente de API dependendo do tamanho do seu conjunto de dados, melhorando consideravelmente seu desempenho. Além disso, o conector Salesforce agora é compatível com o uso do Salesforce Object Query Language (SOQL) da mesma forma que o SQL personalizado pode ser usado hoje, adicionando flexibilidade à sua análise. Finalmente, você agora poderá se conectar a objetos de dados adicionais como o Salesforce Activity History e o Campaign Influence, que oferecem ainda mais dados para você ver e entender no Tableau.

Também adicionamos suporte para a Função Snowflake em nosso conector Snowflake. Agora é possível substituir a função padrão no diálogo do Snowflake, e a função definida na conexão pode ser aplicada em cenários de OAuth.

Gerencie uma implantação mais escalonável do Tableau

Sabemos que o gerenciamento de chaves de licença para milhares de Creators pode ser trabalhoso. É por isso que estamos animados em apresentar o gerenciamento de licenças baseadas em logon. O gerenciamento de licenças baseadas em logon permite que os Creators ativem o Tableau Desktop ou o Tableau Prep ao fazer logon nesses produtos com as credenciais do Tableau Server, sem a necessidade da chave do produto. Os administradores podem atribuir, monitorar e reivindicar o acesso ao Tableau Desktop ou ao Tableau Prep diretamente do Tableau Server em vez de distribuir chaves de licença para usuários finais. Essa opção de licenciamento está disponível para clientes baseados em função. Entre em contato com sua equipe de contas para saber mais.

Também estamos tornando o Tableau Server mais flexível. Como parte do Server Management Add-on, agora é possível utilizar os dispositivos de armazenamento em rede para instantâneos de backup que reduzem significativamente o tempo necessário para realizar um backup. Também é possível usar esse novo recurso para otimizar a implantação de topologia ao centralizar o repositório de arquivos, eliminando a necessidade de executar repositórios de arquivos em vários nós em um cluster do Tableau Server.

Novos requisitos do sistema operacional para o Tableau Server

Para aumentar ainda mais a escalabilidade, o desempenho e a segurança do Tableau Server, estamos aproveitando as novas tecnologias de conteinerização nativas de cada sistema operacional. A partir desta versão, o Tableau Server exigirá o Windows Server 2016, o Windows Server 2019 ou o Linux. Com essa mudança, as novas versões do Tableau Server a partir de 2021 deixarão de ser compatíveis com o Windows Server 2012 e o Windows Server 2012 R2. Confira esta publicação para saber mais.

Faça parte do que é mais novo e incrível: Inscreva-se para o programa de pré-lançamento

Estamos trabalhando arduamente para lançar o Tableau 2020.1 o quanto antes, mas, primeiro, precisamos da sua contribuição! Gostaríamos de pedir seu feedback para que possamos identificar qualquer problema e garantir que esses novos recursos tenham a mais alta qualidade. Os recursos incluídos na versão beta e na versão final do Tableau 2020.1 poderão ser modificados com o passar do tempo à medida que concluirmos os testes da versão beta.

Junte-se à comunidade de pré-lançamentos do Tableau para:

  • Participar em programas alfa e beta e ter acesso antecipado a novos recursos, versões e produtos.
  • Envolver-se diretamente com a equipe de desenvolvimento da Tableau por meio da pesquisa com usuários, debates de produtos e atividades de feedback sobre tópicos que interessem a você.

Assine nosso blog